Mensagens

A mostrar mensagens de Agosto, 2013

Hino Cancro com Humor Careca Power

Imagem
«Uma ex-carequinha e um carequinha, pretendem mostrar o espírito do Cancro com Humor. Não somos cantores, queremos ser inspiradores e mostrar que precisamos mais de uma bela gargalhada, do que de um pote de pena!»


Guerreiros! É a primeira palavra que me salta do coração quando vejo pessoas determinadas a não desistir da vida.
Todos nós, em algum momento, tropeçamos num obstáculo que não esperávamos encontrar no caminho. Mas cabe-nos a nós decidir se vamos continuar no chão ou se nos vamos levantar, sacudir a poeira e vencer.
Vencer. Talvez seja a palavra de ordem. E eles vencem a doença todos os dias, quanto mais não seja porque lhe dão luta, porque não se conformam com o prognóstico. E mesmo que a batalha seja inglória, foram uns verdadeiros heróis por escolherem viver com dignidade, por eles, pelos seus, e por usarem todas as armas que tinham ao seu dispor. Para mim, que pouco sei da vida ao pé de quem a tem posta à prova todos os dias, não há armas mais poderosas do que o nosso querer…

«Português cria campanha inovadora»

Imagem
«Português revoluciona campanha de chocolates Milka
Por detrás da nova campanha dos chocolates Milka está um cérebro português. O publicitário Miguel Durão apostou no sentimentalismo e levou a marca suíça a fornecer tabletes sem um dos quadrados, fortalecendo, de forma inovadora e criativa, a ligação com o consumidor.
A trabalhar para a agência francesa Buzzman Paris desde Abril de 2012, Miguel Durão é o responsável por detrás da nova campanha da Milka, 'O Último Quadrado', avança o site da Briefing. A ideia 'obrigou' a marca chocolateira a revolucionar, por completo, a sua linha de produção, por forma a produzir, para o mercado francês, mais de 10 milhões de tabletes sem um quadrado. No lugar vazio, sem chocolate, vem antes um código que o consumidor pode usar, na Internet, para enviar o bocadinho de chocolate em falta a alguém especial ou, em alternativa, a reclamá-lo para si próprio. Na primeira opção, o site da Milka permite que a oferta seja acompanhada de uma men…

Histórias de amor

Imagem
«Juntos há 65 anos, casal dos EUA morre no mesmo dia, com 11h de diferença
Harold e Ruth Knapke casaram no dia 20 de Agosto de 1947, na cidade de Saint Henry, no Estado de Ohio (EUA). Pouco antes de completar 66 anos de casamento, os dois morreram numa casa de repouso, com uma diferença de 11 horas.
Familiares de Harold e Ruth contaram que o fim da sua história de amor reflectia a devoção entre os dois durante os 65 anos em que ficaram casados. «Eu acho que todos nós concordamos que não foi uma coincidência», disse à ABC News Carol Romie, um dos seis filhos do casal. «Quando a minha mãe ficou doente, nós tentamos deixar claro para o meu pai que ela não ia sobreviver, e ele ficou bastante agitado por alguns dias, a princípio. Depois, ficou calmo, e acho que decidiu: 'Não, ela não vai sem mim.'» Harold morreu no domingo, aos 91 anos, às 7:30. Ruth morreu às 18:30, aos 89 anos de idade. Os dois morreram no quarto em que viviam juntos há dois meses. O casal criou os filhos em Fort …

Mágico 10 ❤

Imagem
«Deco anuncia final da carreira
Um comunicado explica as razões para o ponto final na carreira aos 36 anos. "É com muita tristeza e pesar que comunico o fim da minha carreira como atleta profissional. Os últimos minutos na quarta-feira pelo Fluminense foram os últimos dos 17 anos dentro de campo como jogador de futebol. Gostaria muito de continuar até ao final deste Brasileirão e ajudar a colocar a equipa novamente na Libertadores. Gostaria muito de ter ajudado muito mais o Fluminense, mas o meu corpo não me permitiu. Deixo claro que me dediquei, esforcei e muitos me apoiaram para que eu seguisse até ao final do ano. Fisicamente poderia jogar, mas os meus músculos não suportam mais. Obrigado a todos pela confiança e carinho", lê-se»aqui




É com tristeza e lágrimas nos olhos que recebemos algumas notícias. Esta é uma delas.
Desde pequenina que o meu coração sempre bateu por estas duas cores. A convicção de ser portista e o amor que cresceu comigo não deixa margem para dúvidas de qu…

Chega mais perto

Imagem
«Há uma história na minha pele, que às vezes lês com a palma da mão (...) é como um silêncio que te fala sobre mim. Eu tenho tanto para te dizer. É qualquer coisa assim: chega mais perto. Há bagagem no meu ontem, como rugas no meu coração. Por mais que os meus olhos te contem, eu digo não, não, não! Mas tu decoras-me e consegues-me fazer corar. Devolve-me o chão debaixo dos pés, diz-me quem és. Chega mais perto».


Gosto de música portuguesa. E esta é da boa. 
Lembro-me de há coisa de um ou dois anos atrás, em conversa com amigos, estarmos a falar de música e eu dizer que o Rui Veloso era (e continua a ser) o meu favorito de todos os tempos. De todos que existem e ainda estão por descobrir. E, como não poderia deixar de ser, a música da minha vida é dele. Nunca me esqueci de ti, é a tal. E em tom de brincadeira costumo dizer que um dia que um rapaz me cante isto caso-me na hora. Mas calma, é mesmo em tom de brincadeira, porque é preciso um bocadinho mais do que me cantar ao ouvido para me…

Guerreiros

Imagem
Gverreiros (não, não é erro, descansem), por norma, associa-se ao Minho. Os Gverreiros do Minho. Os guerreiros do SC Braga que já nos têm habituado a bons momentos. E se há coisas que admiro numa equipa uma delas é a sua capacidade de superação. SC Braga também signifca isso: superação. Além de união, entrega e paixão.
Hoje entraram em campo para disputar a primeira mão do play-off de acesso à fase de grupos da Liga Europa. No final dos noventa minutos, os vermelhos de Braga tinham um golo marcado e o jogo resolvido. Agora estão a um passo da fase de grupos. Abriram as portas com confiança e estão a outros noventa de carimbar a passagem. E se há coisa que os Gverreiros do Minho fazem é entrar em campo sem medos e batalhar até ao fim. Eu chamo a isso garra. Raça. Determinação. E um verdadeiro guerreiro é isso tudo.
Mas os passos certeiros e as portas abertas não se limitam apenas ao Braga. É que hoje há outros Guerreiros que merecem igual destaque: os Guerreiros do Estoril.
Uma hora e mei…

Vamos ao bowling!

Imagem
Em altura de despedidas (isto porque duas amigas vão para fora), nada melhor do que nos juntarmos para um até já, que será mais prolongado do que o costume. Mas como eu não acredito em "adeus" nem "até um dia", digo um até já, porque por mais prolongada que seja a ausência elas estarão sempre comigo, ali bem protegidas na minha casa do lado esquerdo do peito. 
Entre a indecisão do que deveríamos fazer, e quando deveríamos fazer, lá acabamos por decidir jantar na segunda-feira, acompanhando a saída com um jogo de bowling. Pânico! Não, nada disso, estou a brincar. 
É verdade que nunca tinha jogado, e como boa principiante que sou o primeiro pensamento que tive foi de nem sequer conseguir pegar na bola, ou então não acertar em nenhum pino. É verdade que não acertei em muitos (se bem que numa das tentativas só me falhou um pino para fazer strike), mas consegui pegar na bola e houve tentativas em que até a mandei mais ou menos direita. A falta de talento para esta arte é …

Hoje é o teu dia

Imagem
És o meu orgulho e o irmão que nunca tive. 
Para ti nunca saberei escrever, pois nunca o sabemos fazer para as pessoas que amamos. Mas estarei sempre aqui. E se há pessoas que merecem que a vida lhes dê tudo de bom tu és uma delas.
Parabéns, primo <3

Cabeça erguida

Imagem
Vi um Paços de Ferreira a agigantar-se, a deixar tudo em campo, a lutar com garra, sem baixar os braços. Vi uma equipa vestida de amarelo e verde que, em nenhum momento, se deixou amedrontar pelo adversário que lhe calhou em sorte (ou na falta dela).