Conta-me quem és - As respostas

By Andreia Morais - fevereiro 23, 2014


«Eu sou assim, ligada na tomada. Sempre querendo encontrar uma razão para tudo. Pessoas como eu sofrem mais. Se decepcionam mais. Por outro lado, crescemos. Evoluímos. Amadurecemos. Nada é estático em nossas vidas. Nada é à toa. Tudo ganha uma compreensão, tudo é degrau, tudo eleva». 
(Martha Medeiros)


Já há algum tempo que gostava de vos dar espaço para satisfazerem todas as curiosidades que têm a meu respeito. Vou abrir o livro e contar-vos quem sou. Sem rodeios, agora, respondendo às perguntas que me deixaram.


Diana Fonseca: Que fazes da vida, trabalhas, estudas? (Em que trabalhas ou o que estudas?)
Estudo Educação Básica na Escola Superior de Educação do Porto.

Ana Câmara: És tão boa nas palavras ditas como nas escritas? Qual o teu maior defeito?
A primeira pergunta é difícil, mas acho que sou melhor nas palavras escritas, talvez porque tenha mais tempo para pensar nelas. Depende muito das situações, mas se calhar há alturas em que guardo algumas coisas para mim. Se me pedirem um conselho tento não deixar nada por dizer, tenho é o cuidado de não magoar, porque acho que dizer o que pensamos não significa não ter filtro. Agora, vamos crescendo há medida que o tempo vai passando e sei que hoje guardo muito menos para mim e seja qual for a ocasião vou dizer o que tenho para dizer, até porque não faz sentido ser de outra forma. Ainda assim, a escrita ganha.
Em relação à segunda, acho que é mesmo a teimosia (o que nem sempre é mau).

Cláudia S. Reis: Se não estivesses a estudar Educação em que outra área te imaginavas? Onde te vês daqui a 10 anos? Se pudesses trocar de vida, por um dia, com alguém quem irias escolher?
Desde pequena que sempre quis ser educadora de infância, por isso nunca me imaginei noutra área diferente dessa. No entanto, se não estivesse em Educação Básica, gostava de experimentar algo relacionado com Psicologia ou Jornalismo.
Sempre tive um sonho que poucas pessoas conhecem: ter o meu próprio infantário. Por isso, daqui a dez anos gostava que estivesse realizado. Se não for possível, pelo menos que esteja a exercer na área onde me irei formar. Preferencialmente, casada, com um filho, pelo menos; quem sabe, com um livro publicado e o meu diário de viagem muito mais preenchido.
Nunca tinha pensado nisso, mas por questões de admiração talvez trocasse com o Quaresma, ou com o Ruy de Carvalho, ou com a Torey Hayden.

Metro e meio de gente: Quando te falam em desejos/objectivos quais os primeiros 3 que surgem na tua mente? 
Ser feliz (com tudo o que isso inclui: ser educadora, casar, ter filhos, preservar as amizades que tenho), ser alguém melhor. São logo os dois primeiros que me vêm ao pensamento, e é nisso que me foco todos os dias. Depois, e pensando em algo mais material, conseguir comprar a Canon 600D, porque sou uma apaixonada por fotografia.

Magda Carvalho: Qual o teu estilo de música?
Só não ouço ópera, de resto ouço um pouco de tudo. Também depende muito da ocasião, porque se for numa saída à noite, por exemplo, adoro sertanejo, mas durante o dia ouço mais Pop, Rock, R&B. Adoro música Portuguesa. Adoro Fado. E é o que mais ouço, ainda que também ouça muita coisa estrangeira. 

Cátia Alves: o teu nome verdadeiro é Andreia? Tens que idade ? És escritora?
Sim, o meu nome verdadeiro é Andreia e tenho 21 anos (faço 22 em Abril). Não sou escritora, mas adoro escrever. Aliás, desde pequena que sempre disse que queria ser educadora e escritora.

Joana: Se pudesses mudar o mundo, o que farias?
Primeiro tenho que começar por mudar-me a mim, por querer ser sempre melhor pessoa. Acho que não adianta querermos mudar o mundo se as nossas prioridades e valores estiverem trocados. Depois acho que passa muito por colocarmo-nos no lugar do outro, sabermos ouvir e não termos medo de ajudar. Se começarmos por mudar mentalidades as coisas tendem a correr melhor. E depois é não desistir, insistir por mais difícil que seja, porque as lutas que travamos com um objetivo claro de beneficência não são em vão; pode demorar até conseguirmos resultados, mas eles aparecem. 

Santi: A minha maior curiosidade é saber o que fazes também. Estás ligada à escrita no teu dia-a-dia?
Sou estudante a tempo inteiro. Além do que escrevo para mim e aqui no blog não tenho qualquer outro contacto com a escrita.


Só vos tenho a agradecer por todas as perguntas que deixaram. Espero ter satisfeito a vossa curiosidade. Quem sabe, talvez um dia volte a repetir este «Conta-me quem és», mas até lá ficam com estes dados sobre mim.   

  • Share:

You Might Also Like

36 comentários

  1. Adorei ler Andreia <3, prazer em conhecer-te :)

    Santi

    ResponderEliminar
  2. Ainda bem que estás a estudar uma coisa de que gostas :p Quem em dera ter a oportunidade de, depois de Jornalismo, tirar Educação Básica :p Só espero poder trabalhar em algo relacionado com crianças, algures na minha vida :p

    "Primeiro tenho que começar por mudar-me a mim, por querer ser sempre melhor pessoa. Acho que não adianta querermos mudar o mundo se as nossas prioridades e valores estiverem trocados." É isto mesmo! :) Concordo absolutamente contigo!

    Obrigada por te dares a conhecer um bocadinho mais :)

    ResponderEliminar
  3. Escapou-me o post em que pedias as perguntas.. Mas gostei muito de ler as respostas. :)

    ResponderEliminar
  4. Gostei muito de conhecer um pouquinho mais sobre ti, pareces me uma pessoa impecável mesmo..!! Beijinho enorme

    ResponderEliminar
  5. Óhh, que linda :)
    identifico-me ali na pergunta das músicas, e ali a um dos sonhos, ao dizeres que gostas de fotografia :p ahah
    e é incrível, já toda gente te conhece pela escrita! já vistes?! acho que deves "investir" nisso :) olha que vais longe, acredita que vais..

    Eu já me sinto mal em pedir coisas :x dai ultimamente tentar comprar as minhas coisinhas.
    eu desde o ano passado tenho tido mais olho nos preços e ver pelo mais barato. até porque agora tenho muitas sapatilhas -.- e só compro novas se forem mesmo uma coisa diferente ou a um bom preço :b também já dei cabo de sapatilhas, ahah.. mas ultimamente tenho imenso cuidado. e limpo-as mal fiquem sujas, sou muito picuinhas e antes não era tanto x)

    até que poderia ter sido pior.. também lido melhor com coisas sobre pressão. ao menos sei que tenho que fazer e ficam as coisas frescas na minha cabeça. Por acaso os jovens gostaram muito (o que me surpreendeu), mas eram muito irrequietos e não tinham respeito, interrompiam-nos do nada e era complicado de controlar.. mas lá correu bem.

    beijinhoo grandee ♥

    ResponderEliminar
  6. ja deu para te conhecer melhor :D
    uma optima semana :)
    beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Gostei de te conhecer um pouco de ti, obrigada por teres respondido a minha pergunta. Apesar de dizeres que apenas escreves para o blogue e para ti acho que tinhas futuro na escrita.
    beijinhos

    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. espero mesmo passar.
    sim começou do nada. agora está um pouquinho melhor :x

    ResponderEliminar
  9. Estudaste o mesmo que a minha melhor amiga, que engraçado. Gostei de te conhecer mais um bocadinho, pareces-me uma pessoa fantástica!

    ResponderEliminar
  10. gostei muito de ler isto, fiquei a conhecer-te melhor e comprovei 'ideias' que tinha a teu respeito :)

    ResponderEliminar
  11. Gostas de crianças, portanto. Gostei das respostas.

    ResponderEliminar
  12. E acima de tudo respondeste perguntas sobre a tua escrita...e quanto a isso já sei o que preciso...que é que gosto!!

    ResponderEliminar
  13. Jornalismo não é assim tão cor-de-rosa quanto as pessoas imaginam. Aprendes essencialmente a manipular o público e a opinião pública. É feio.

    ResponderEliminar
  14. É muito mais bonitos sermos felizes com as crianças :p

    ResponderEliminar
  15. Obrigada pela pergunta :p depois faço um post com as respostas hehe beijinho

    ResponderEliminar
  16. R: sim os códigos não são fáceis, na minha licenciatura tive de aprender a trabalhar com códigos HTML e css e não achei nada fácil :p

    ResponderEliminar
  17. encontrei o teu cantinho por acaso e adorei o que li, começei por adorar a imagem que nos deixas te que me faz trasnportar para um munco interno, magico, a maquina de escrever da me sempre uma sensaçao de nostalgia terna.
    Adorei o que li sobre ti logo no dia em que descobri este cantinho, descobri alguem muito intressante e querida. Eu tambem estudei para educadora de Infancia mas infelizmente tive de deixar esse caminho a meio, agora estou em Pastelaria =) e acho que estou mais feliz, as vezes da me algumas duvidas. Beijinhos e desculpa a invasao

    ResponderEliminar
  18. Amiga post maravilhoso amei.
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal de youtube: http://www.youtube.com/NekitaReis

    ResponderEliminar
  19. Gostei imenso, és mesmo interessante!!! :D
    R: Siiim, obrigada :D

    ResponderEliminar
  20. Temos paixões parecidas então :b
    Nisso tens toda a razão :) quando arriscamos tem que ser bem pensado às vezes como disses-te.

    Pois é! Eu sinto-me mesmo mal em pedir ._. mas muitas vezes tem que ser. Se bem que nunca me falta nadaa :)
    a sério? Olha que fixeeeee! Eu quando fui à primark vi umas poucas a 1€ e fiquei chocada, até estive com elas nas mãos, mas já não tinha mais espaço na mala :\ já eram os últimos dias e já tinha comprado muitas coisas e já sabia que ia ter dificuldade em fazer a mala depois :x
    Por acaso tenho saudades de usar sapatilhas, este tempo não dá com nada :( acreditas que ainda não consegui usar as minhas sapatilhas novas (de brilhantes)?! :|

    Nesse caso somos duas, ahah :b
    O que vale foi que nos safamos na apresentação do tema. mas estamos a pensar fazer coisas diferentes na segunda e última vez (neste fim de semana).. a ver se os miúdos nos respeitam ao menos!

    Pois.. consigo perceber um pouco aquilo que dizes. Há ainda quem se renda à empatia. mas são bem poucas as pessoas que o fazem :(

    beijinho minha fofinhaaa ♥♥

    ResponderEliminar
  21. Obrigada pelo comentário :)

    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  22. Somos tão parecidas Andreia! Nem eu imaginava :o A única diferença é que, ao contrário de ti, não digo desde sempre que quero ser Educadora. Mas de resto parecemos fotocópia uma da outra!

    p.s.: (não recebeste o comentário que eu te fiz há uns dias atrás pois não? :s)

    ResponderEliminar
  23. Sendo assim sinto-me uma privilegiada :')

    ResponderEliminar
  24. tenho tanto medo de chumbar, porque sei q se chumbo para a próxima vez ainda vou mais nervosa s:

    ResponderEliminar
  25. Gostei de conhecer-te um pouco melhor ;)
    Que todos os teus desejos se realizem...

    R de Rita

    ResponderEliminar
  26. sugeriram-me o teu blog e decidi espreitar... vi assim muito por alto e parei neste post, resolvi le-lo por completo e achei que somos um pouco parecidas

    gostei de todo o blog e sem duvida que penso ca voltar :)

    ResponderEliminar