Obras de arte... na areia

By Andreia Morais - fevereiro 15, 2014


«Andres Amador: O homem que faz obras de arte espectaculares na praia


Brincar na areia é a actividade preferida de qualquer criança: construir castelos, fazer buracos e túneis. Depois de muita prática, há quem se especialize na área das esculturas de areia, uma arte difícil de aperfeiçoar com resultados brilhantes. Mas esta corrente artística era para mim totalmente desconhecida: criar padrões megalómanos na areia. O resultado é de uma beleza quase alienígena.

Andres Amador é o nome do artista responsável por estas obras de arte voláteis. Ele vive em São Francisco, nos Estados Unidos, e a sua veia artística resume-se à areia, o meio que utiliza para fazer criações de outro mundo. Na praia, com a ajuda de um ancinho, ele começa a mexer e remexer no solo, criando padrões magníficos que surgem pelo contraste da areia molhada contra a areia seca. As peças que Andres cria são enormes e podem chegar a 10,000 metros quadrados, mais ou menos o equivalente a dois campos de futebol.

Estas obras de arte, com um tempo de vida incerto, mas certamente curto, são criadas enquanto a maré está vazia. Andres explica que a volatilidade não o assusta, aliás, torna tudo mais interessante. Para além disso, é "divertido e é uma boa oportunidade para estar na praia."» (notícia com mais fotografias aqui)


Mais do que talento, para mim, isto é amor. Amor a um sonho. A uma arte. É reconhecer a efemeridade de uma obra e, mesmo assim, dedicar-se com todo o coração. Porque ainda que seja algo volátil compensa. Diverte. Enche a alma. Tudo o que é feito com amor, por mais fugaz que se apresente, perpetua-se no tempo. Nas memórias que se criam. Nos momentos que se vivem. No coração que os protege como um tesouro. 

Pode parecer contraditório algo fugaz permanecer no tempo, mas quando se ama compreende-se que tudo é possível. Tudo vale a pena. Tudo é mais do que aquilo que parece ser. Por isso sim, por mais rápido que algo desapareça, quando cresce com amor há-de ficar até ao fim das nossas vidas, mesmo que não seja em mais nada a não ser nas recordações que nos acompanham para qualquer lado que nos apeteça ir. E isto, para mim, é amor. Da forma mais pura. Só não é amor por alguém. É por uma coisa. Mas não é por isso, nem nunca há-de ser, que terá menos significado. 

Acreditar até ao fim. Por mais incerto que seja o sonho. Ou a vida.


«O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis».

  • Share:

You Might Also Like

29 comentários

  1. Uau que lindooo :o
    Quem me dera ter esse jeito eheh

    R: Muito obrigada querida. Acabei por escolher outro nome, aliás, não mudou muito do que eu originalmente desejava, mas acho que até fica melhor assim xD

    Beijinhos ****

    ResponderEliminar
  2. Lindo, adorei, obrigada por partilhares :)

    Santi

    ResponderEliminar
  3. Há verdadeiras obras de arte na areia, lembro me de ver quando ia para o Algarve ehe
    Amei o filme é lindo que jeitão!

    ResponderEliminar
  4. Adoro imenso de ver estes artistas, adoro este tipo de artes. Gostei tanto dessa ultima frase.

    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. oh, mil obrigadas pelo apoio! o tempo cura :)

    ResponderEliminar
  6. Desconhecia este artista, é um estilo de arte parecido com algo que existe, recentemente. Estudei algo parecido na altura que tinha História e Cultura das Artes. Uma obra feita com engenho e sabedoria.

    Em relação ao teu comentário, seria bom se esse homem, fosse quem ainda continua no coração e não esqueço uma única vez.
    Infelizmente, nem sempre a vida corre como não esquecemos e desejamos.

    ResponderEliminar
  7. Torna-se incrivel a dedicação e talento que emprega a uma arte de efemeridade tal. Poucas são as artes com o tempo tão contado do que aquelas feitas em natureza. Mas ele é muitoooo bom!

    ResponderEliminar
  8. É verdade acabam por ser opções, feitas por cada um de nós :)
    Esse homem faz realmente obras de arte :)
    Bom Domingo *

    ResponderEliminar
  9. Que coisas lindas! Há pessoas cheias de talento...

    ResponderEliminar
  10. Eu estou tão bem. Ele se quiser, que lute por mim.
    Pois foi :)

    ResponderEliminar
  11. Wowww que pasada, que pena que duren ran poco tiempo

    Besos
    SHOPPING STYLE

    ResponderEliminar
  12. Adorei! Verdadeiras obras de arte :) Adoro ver este género de coisas na praia.

    "Tudo o que é feito com amor, por mais fugaz que se apresente, perpetua-se no tempo. Nas memórias que se criam. Nos momentos que se vivem. No coração que os protege como um tesouro." <3

    Algumas vez foste ao Fiesa? É um festival de esculturas na areia, no Algarve. É lindo!

    ResponderEliminar
  13. São feitas verdadeiras obras de arte com areia. Lembro-me que uma vez vi um castelo tão mas tão bonito. Estava construido numa perspectiva completamente diferente das que costumamos ver, e estava todo decorado. Fantástico.

    ResponderEliminar
  14. estão a correr bem, é alto de testes. E do testes que recebi até tirei boas notas, agora segunda tenho teste intermédio a português :)

    ResponderEliminar
  15. Adorei o trabalho dele. Uma das coisas que nunca tive oportunidade de ver foi aqueles grandes encontros em que várias pessoas talentosas fazem esculturas de areia, é algo a fazer no futuro porque é mesmo muito bonito e gostava de ver o processo até conseguir o resultado final porque ao ver só o resultado parece que é impossível aquilo ter sido feito à mão por uma só pessoa :p

    ResponderEliminar
  16. Ai que máximo! Eu já vi coisas ao vivo .. mas era castelo e coisas do género :b e por acaso tirei fotografias (só podia ser no continente) ahah

    beijinhoo ♥

    ResponderEliminar