As minhas viagens de metro #22


«Solidão é o modo que o destino encontra para levar o homem a si mesmo», Hermann Hesse


E de repente
Percebemos que o mundo não para
E a dor da mágoa
Se espalha
E de nada vale 
Fechar a janela
Quando a noite impera em nós.
E o sol continua
A brilhar lá fora
E os pássaros não voam do ninho
Cantando.
E quem perde somos nós
Que deixamos de viver
E agarrar a beleza
Que permanece no lado de lá do vidro
Por quem já não lembra
E já nada quer daquilo que fomos.


M, 06.07.2014

Comentários

  1. Lindo! E com a musica de fundo ainda melhor!

    ResponderEliminar
  2. Maravilhosas palavras minha querida ***

    ResponderEliminar
  3. Viver é o remédio para todas as nossas dores :)

    ResponderEliminar
  4. Muy bonito!!!!
    Buen comienzo de semana!!! mi g+ para ti!!!:)))

    Besos, desde España, Marcela♥

    ResponderEliminar
  5. Fixe.. inicei a sessão pelo comentar como e isto não gravou o comentário. ><'

    R.: Para vivermos em sociedade o que importa é a lei do mais forte. Sucessivamente e de forma repetitiva não consigo engolir isso, mas também acho que há coisas que temos de fazer de forma espontânea para mudarem. Portanto, vou sempre chegar a uma altura que vou entrar em discórdia ou tenha de seleccionar as minhas atitudes dependendo com quem lido.

    Convém para manter ativo o blogue e ter sucesivamente leitores criar métodos de interatividade.

    Vamos lá ver como corre o resto da jornada..

    ------

    Dá a sensação que paramos no tempo quando agarramos à "mágoa". E a razão disso talvez seja por ser frustrante não haver empatia. No entanto, temos que aceitar isso ser como é para conseguirmos dedicar a outras coisas para além daquela mágoa.

    ResponderEliminar
  6. Solidão, não rima, mas é tristeza,
    porque tristeza não rima com alegria
    pois, nunca despreza, a tua beleza
    você aí não chore sorria
    porque é tão bela a natureza
    mesmo assim eu diria
    o futuro é todo incerteza?

    Um abraço para você Andreia.
    Eduardo.

    ResponderEliminar
  7. Boa semana querida :)

    http://checkinonline.blogspot.com

    ResponderEliminar
  8. Que linda poesia só de a ler consigo ver a sua lírica a ser colocada numa musica.
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. Adoro quando blogam poemas!
    E... nice music
    Visita o nosso blog!

    ResponderEliminar
  10. Infelizmente. É como tentar controlar o que sentimos..

    ResponderEliminar
  11. No fundo, sabemos desde o inicio que não vamos conseguir mas, tentamos sempre.

    ResponderEliminar
  12. Que bela postagem arrasou, Siga e curta o meu canal Nekitareis, tenha uma semana abençoada.

    ResponderEliminar
  13. Tão lindo Andreia, gostei tanto!!!!
    Beijinhos minha querida e bom dia!
    Maria

    ResponderEliminar
  14. Adoro esta tua rubrica


    www.tarasemanias.pt

    ResponderEliminar
  15. A sério querida as tuas palavras são uma autêtica melodia!

    Bjxxx

    ResponderEliminar
  16. Adorei o texto e é tão verdade, já me aconteceu tanta vez.. quando não estamos bem, nada nos parece belo. Pode estar um sol maravilhoso, pode a lua estar gigante e linda, podem-se ouvir pássaros a cantar, etc, etc. Mas se não estivermos bem, não conseguimos ver beleza em nada, tudo nos parece sem cor e feio, mas é tal e qual como dizes, a noite é que impera em nós.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário