Mensagens

A mostrar mensagens de Abril, 2015

À boleia do mundo #8 (Parte 4)

Imagem
Capitulo 8 (conclusão) 10.08.2014

19h06: Estamos em casa. Mal ligo a televisão informam que o Rui Veloso vai fazer uma pausa na carreira, o que me deixa logo desanimada. Eu sei que um dia chegará o adeus definitivo aos palcos, mas não tem que ser já. Não pode!

À boleia do mundo #8 (Parte 3)

Imagem
Capitulo 8 (continuação) 10.08.2014

A imagem do Lago está linda: o nevoeiro parece sair do interior das montanhas. Inclusivamente, há uma que se assemelha a um vulcão irregular com atividade, expelindo uma espécie de névoa com luz.

À boleia do mundo #8 (Parte 2)

Imagem
Capitulo 8 (continuação) 10.08.2014

A entrada não é livre. Como sou estudante paguei 1,50€, caso contrário pagaria 3€ - há ainda variantes para grupos e famílias. O museu tem nove salas, cada uma com um tema específico. Muitíssimo bem organizado e estruturado, é possível ver exposições permanentes e temporárias. Tem quadros de vários pintores e temáticas, a aldabra, conjunto de batentes e puxadores, freiros, cataventos, braseiros, a vara do juiz da comarca de Bragança e as dos antigos vereadores, máscaras de madeira e de chapa (caretos de várias terras e autores), a bula Papal da Fundação da Sé de Miranda, o busto e retrato do Abade de Baçal, o retrato do Dr. Raul Teixeira e as seguintes salas: Abade de Baçal, artefactos e manifestações simbólicas, romanização, capela do antigo paço episcopal, produção artística encomendada pelo Clero, ourivesaria e mobiliário, coleção numistica com cunho de moedas, alfaias e metais, memórias do antigo paço episcopal de Bragança, dedicada à religião e p…

À boleia do mundo #8 (Parte 1)

Imagem
Capitulo 8 Domingo, 10.08.2014

07h30: Tocou o despertador, levantei-me e fui-me arranjar. Sentei-me lá fora a pintar as unhas. É fascinante ouvir o silêncio, apenas quebrado pelo chilrear dos pássaros e o cantar do galo. É cedo, mas há quem já esteja a pé há mais tempo.
Está vento e frio, definitivamente o verão não quer nada connosco. Tenho saudades de Bragança quente, com noites em que conseguir adormecer é uma verdadeira prova olímpica. Pode ser que melhore!

#6 A minha vida tem...

Imagem
... lágrimas incontroláveis em todas as ocasiões que vi «Todos os cães merecem o céu». Tenho vários filmes de animação, mas este, apesar de não ser o meu favorito, era o que mais vezes colocava no leitor de cassetes de vídeo. Revi-o tanto que já sabia os diálogos e as cenas de cor. Mesmo assim não conseguia deixar de ficar emocionada, como se estivesse a descobrir a história pela primeira vez. A cassete continua guardada, o leitor é que deixou de trabalhar. Tenho saudades deste filme. E uma vontade enorme de o voltar a assistir!

Canela & Pimenta

Imagem
«Ouve, quero romper as cordas. Esquecer as horas mortas que me pintaram de cinzento»

Alvoroço. É o que o meu corpo precisa. A minha mente. O meu coração. Amor.

Dia especial

Imagem
«O homem é aquilo que lê», Joseph Brodsky

No dia 23 de abril comemora-se o dia mundial do livro e dos direitos de autor. Por coincidência, foi ontem que recebi aquele que, para mim, será sempre um dos mais bonitos e com uma das mensagens mais fortes: O Principezinho. Pertence ao grupo dos meus favoritos e marca a minha infância, a minha adolescência e a minha (ainda curta) vida adulta. Foi provavelmente o livro que mais vezes reli - e em todas elas rendi-me, porque há histórias que não nos cansam, acrescentam-nos!

Minutos com história VIII

Imagem
«Se a vida conspira contra a amizade conspiremos juntos para a defender»

Até ao fim!

Imagem
«Só és derrotado quando desistes de lutar»


O amor e o orgulho que sinto não dependem de resultados - este símbolo que nos une fica do lado esquerdo do peito por algum motivo. Levantem a cabeça, chegaram longe! Em nenhum momento serão estes números a definir a vossa grandeza. Dói, claro, mas porque vocês não mereciam isto. No entanto, mesmo que o sonho tenha terminado, nada apaga o percurso fantástico que tiveram até aqui. Não se esqueçam que só se despediram nos quartos de final, que travaram o gigante Bayern no Dragão e que entraram neste último jogo sem derrotas na Liga dos Campeões. Campeões, que é aquilo que vocês são, porque aqui só resistem os fortes - podem ter caído, mas não têm qualquer motivo para permanecer no chão. Não há um pequeno pormenor que vos possa envergonhar. Nem podia haver. Sonhamos todos. Acreditamos todos. Lutamos todos. E o meu sentimento continua inabalável. Somos Porto. Até ao fim!

No topo do mundo

Imagem
- Quando, aparentemente, chegamos ao topo o que é que nos resta? - Encontrarmos outro ainda maior para escalarmos!

Sem resposta

Imagem
Já reparaste na quantidade de coisas que dizemos sem nos preocuparmos em compreender o seu verdadeiro significado? Parece-nos tão óbvio que ignoramos a mensagem. E quando nos confrontam com isso ficamos sempre sem resposta. Porquê?

Magia

Imagem
«Se perderes a magia perdes tudo», Joaquim Pessoa

Olhei o céu quase vazio, como uma tela quase branca. Escurecida. De pontos de luz estrelados; emaranhados ao castanho do meu olhar. E num leve cerrar inocente, há uma pergunta recorrente, que transborda e me apoquenta. Inquieta. Saltita de um pensamento a outro; de uma nuvem a outra. E em surdina, desenham-se três palavras no ar: - «Acreditas em magia?». Sem resposta abri os olhos. O céu estava cheio. Tão cheio. De amor.

O que li por aí #21

Imagem
«Não podes deixar para trás o que está sempre ao teu lado», Castle

As minhas viagens de metro #26

Imagem
«É difícil suportar a dor da despedida, principalmente quando a partida é para nunca mais voltar», Jair de Assis

Foste embora no dia em que mais precisei de ti. E nesse exato momento senti que não te poderia amar mais. Não mereces o meu coração, muito menos segurar-me nos teus braços enquanto a chuva cai na calçada.

Alma de Dragão

Imagem
«As noites mágicas estão de volta ao Dragão».

Eu aos vossos olhos!

Imagem
«A vida é um espelho. Por isso, pense e repense cada atitude sua para não se surpreender com a imagem refletida», Simone Boaventura

Definir alguém, seja de que forma for, é difícil e até um pouco ingrato. E se já o é quando conhecemos as pessoas relativamente bem, mais complexo se torna quando não há um contacto diário prolongado. Desafiei-vos, mesmo assim, a fazê-lo porque achei que não haveria melhor publicação no meu dia de aniversário do que aquela em que soubesse o que sou aos vossos olhos. Obrigada! É a primeira coisa que tenho que dizer depois de ter lido tudo aquilo que me enviaram. É incrível como com uma simples palavra me deixaram com um sorriso largo e o coração a transbordar de felicidade. É incrível como através de uma música me transmitiram tanto - e sem saberem escolheram algumas que adoro. É incrível como senti as nossas ligações a estreitarem-se nas lágrimas que não consegui controlar ao ler-vos. Obrigada! Obrigada mil vezes. Infinitas. Sou uma sortuda por vos ter des…

Pensamento periclitante #11

Imagem
Estou inconstante como o tempo!
#devaneios #tempo #inconstante #eu #temperamento

#5 A minha vida tem...

Imagem
... muitos episódios de Art Attack. Inúmeras foram as vezes em que me perdi de encanto por este programa. Ainda hoje, mesmo quando o relógio está perto de anunciar as duas da manhã, dou por mim fascinada a ver todas as criações. E mantenho a mesma vontade de quando era bem pequena: pegar nos materiais e ir seguindo todos os passos. Sou do tempo do Pedro Penim e acompanhei a transição para o Salvador Nery. A ambos reconheço o entusiasmo, o talento e a magia para nos prenderem ao ecrã. Serei uma eterna apaixonada por esta série, até porque, afinal de contas, somos todos artistas! 


(Não se esqueçam de participar aqui)

Eu aos olhos dos outros.

Imagem
«O que te define como autora do blog?» 

Esta pergunta deixou-me a pensar, por isso decidi invertê-la para quem me lê. Por aquilo que já conhecem, como é que me definem? Façam-no através de uma palavra, de uma frase, de uma imagem, de uma música. Fica ao vosso critério e imaginação - se se justificar, podem explicar a vossa escolha. Aceitam o desafio? Quem aceitar envie um e-mail para asgavetasdaminhacasaencantada@hotmail.com com a resposta. O objetivo é que não se saiba o que cada um escreveu para ser uma surpresa para todos, até porque só verei o que me enviarem terça-feira, dia catorze (data até à qual devem participar). E fica já combinado que a publicação sobre este assunto sairá na quarta, dia quinze, às nove. Conseguem adivinhar porquê?


Qualquer dúvida deixem nos comentários.

Liebster Award VII

Imagem
A Catarina do blog Apenas a Lua, a quem agradeço antes de tudo o resto, nomeou-me para mais um Liebster Award. Vou avançar a parte dos onze factos, porque já os escrevi na primeira vez, e passar diretamente para as perguntas que nos colocou. Curiosos? Vamos a isso!

Engano propositado

Imagem
Não tenho o dom de ler mentes, mas percebi a tua intenção através de um simples olhar. Vou só deixar-te continuar com esse jogo, encorajando-te a pensar que estou longe de saber quem és, para ver até onde és capaz de ir.

Tirar o pé do chão

Imagem
Há dias em que me apetece tirar um pé do chão ser ter a certeza absoluta de que o outro está completamente seguro.

Cansaço mental

Imagem
A desculpa do cansaço começa a tornar-se demasiado forçada. Fosse só isso e eu continuaria a aguentar as tuas dores inexistentes. O problema maior é que deixei de querer suportar todas as tuas lamentações sem fundamento. Estou cansada. De ti!

O que li por aí #20

Imagem
«Às vezes é preciso voltar atrás e fazer outra vez, fazer de novo. Olhar para a frente com um olhar novo, um olhar limpo. Recomeçar sabendo que a essência não é fazer o mesmo da mesma forma. É fazer diferente e crescer», Às nove no meu blog

No lado de lá da ponte

Imagem
«Mas, meu amor, quem quer ficar fica»

Nós vamos ficar aqui - do lado de lá da ponte - de cabelos ao vento. De mãos dadas junto ao coração. Esperando a sorte que há-de chegar e o amor que há-de vir. Nós vamos ficar aqui! Por entre gestos e olhares cúmplices de ternura, aguardando o beijo que já lá vem.

Paz interior

Imagem
Em tempo de paz [e não só], só as tuas guerras internas é que te colocam de costas voltadas para o mundo.

As gavetas da minha casa encantada deseja a todos uma Páscoa feliz!

Descobrindo Novos Blogues II

Imagem
A Isy do blog A Pequena Boneca de Trapos, a quem agradeço desde já, desafiou-me a responder à tag «Descobrindo Novos Blogues». Sendo assim, vamos passar ao que interessa.

Luzes intermitentes

Imagem
As lâmpadas apagam-se e reacendem-se nesse teu claro desejo de extrair energia alheia. O mundo dá tantas voltas. E quando elas perderem esse estado intermitente para extinguirem a sua luz de vez? Irás também tu desaparecer e não mais voltar a ver a claridade das manhãs de verão? Ou arranjarás maneira de encontrar uma fonte alternativa?

Espelho 2.0

Imagem
«Apenas sei começar, nunca soube continuar. Na vida sei que um dia vou poder dizer eu não me perco».

Este Espelho, que agora é meu, veio finalmente comigo para casa. A sensação de ter o primeiro trabalho do Diogo Piçarra é incrível!

#100happydays março

Imagem
«Você conseguiria ficar feliz durante 100 dias seguidos?»

Os #100happydays estão quase a chegar ao fim. Já avisto a primeira parte da meta. Mas a sensação de ser cada vez mais fácil encontrar pormenores que expandem a minha felicidade só me faz ter ainda mais vontade de os prolongar. E de não querer terminar. No entanto, e enquanto não pisei a linha de chegada, é tempo de recordar mais um mês: março. Possou demasiado rápido, mas de uma coisa tenho a certeza: não me faltou com momentos para ser feliz.