Mensagens

A mostrar mensagens de Maio, 2017

O que li por aí #62

Imagem
«Para compreendermos o valor da âncora necessitamos enfrentar uma tempestade», Eleonor L. Dolan

Do outro lado

Imagem
Há um aspeto que me deixa curiosa em relação às pessoas que sigo e que me seguem, e com as quais tenho ligação: a sua voz. É mesmo algo que me interessa. É estranho, mas quando vejo o nome das pessoas que comentam o meu blogue imagino como será a sua voz. E vocês, qual é a maior curiosidade que têm m relação aos vossos leitores?

#1 M de...

Imagem
... paz!

Jukebox #55

Imagem
«Se um dia alguém perguntar por mim Diz que vivi para te amar Antes de ti, só existi Cansado e sem nada para dar

M de...

Imagem
... Morais. No meu primeiro blogue - Parte do que Sou -, era como M. que as pessoas me conheciam, porque sempre gostei mais que me tratassem pelo apelido. Para ser diferente, apesar de tudo, optei por usar apenas a sua inicial. «M de...» será, então, uma espécie de rubrica onde partilharei imagens de tudo aquilo que me inspira/motiva de alguma forma. O M sou eu. A desvendar um pouco mais daquilo que sou!

Libertação

Imagem
Tenho que libertar os meus fantasmas. Dessa tua mão-conforto que não me ampara. Somos pedaços de nada. Iludidos num coração de luz que não mais existirá entre nós. Mas eu cedo. E quanto mais desgastas a corda, mais laços lhe tento dar para que não quebre. E arrependo-me quase no segundo seguinte, por ver esse teu sorriso forçado de quem tem tanto para dar, mas desistiu. E há sombras que sinto que me perseguem, de memórias que tento a todo o custo ignorar. Mas são mais fortes. Tu és mais forte. E eu começo a fraquejar. Tenho que libertar os meus fantasmas. Ou, talvez, acordar desta inércia que o teu olhar-fogo me provoca.

Não sei lidar com...

Imagem
... finais de temporada - e já nem falo dos finais de série, porque ainda não me recompus do facto de não ver mais episódios novos de, por exemplo, Rizzoli & Isles, ou Dois Homens e Meio. Atualmente, de forma regular, acompanho Arrow (segunda), Scorpion (terça), Como Defender Um Assassino (terça), Mentes Criminosas (quarta), Pai de Surpresa (quarta) e A Teoria do Big Bang (domingo). Einstein (quinta) também constava desta lista, mas a primeira temporada terminou há duas semanas. Nos intervalos vou revendo episódios de outras séries, que foram canceladas, que estão em pausa e/ou que, simplesmente, já terminaram e estão a repetir (Forever, Rookie Blue, C.S.I. Miami, Castle, Mentalista...). Adoro acompanhar pela televisão, porque, como já referi noutra publicação, é a garantia diária que tenho um momento para fugir à rotina, para desanuviar e estar no meu mundo, sem interferências externas. Por isso é que depois «sofro» com a espera, porque os últimos episódios acabam sempre em suspe…

Fragmentos #21

Imagem
Adoro cenas bem construídas. Que nos tiram o fôlego, nos captam por inteiro e nos fazem desejar que nunca terminem - ou que, pelo menos, se prolonguem mais um pouco. Deliro com filmes de dança, já sabem, e este fragmento prendeu-me completamente ao ecrã! Quando for grande posso saber dançar assim?

Não desapareci!

Imagem
Prometo que não desapareci sem deixar rasto! O terceiro capítulo do relatório de estágio é que me obrigou a ausentar nos últimos dias e a desligar do meu mundo, isto porque se revelou bastante trabalhoso. Mas está terminado e já o enviei à minha orientadora. Agora é esperar pelo feedback e trabalhar nas partes que faltam. Já vos compenso pela ausência ❤️

Segurar no silêncio

Imagem
Vou aprender  A segurar no silêncio  As pontas desfeitas  Das desilusões  Que se foram acumulando No meu percurso Inocente

#14 A minha vida tem...

Imagem
... prendas fora de horas. Na minha família temos um costume peculiar: raramente oferecemos as prendas no dia devido. A questão é que isto não é, de todo, intencional, mas por força das circunstâncias acabamos sempre por adiar a entrega das mesmas. No entanto, acho imensa piada ao facto de, por exemplo, em pleno Agosto estar a receber uma prenda de aniversário [que, curiosamente, foi em Abril]. Cada tolo com a sua mania, sempre ouvi dizer!

O mundo por olhos tom de castanha #35

Imagem
«Fotografar é uma maneira de ver o passado. Fotografar é uma forma de expressão, o "congelamento" de uma situação e seu espaço físico inserido na subjetividade de um realismo virtual»

Cada vez mais perto!

Imagem
Dois capítulos do Relatório de Estágio já foram entregues. E o terceiro será enviado na próxima segunda-feira (22/05). Agora que a orientadora já partilhou a calendarização, a sensação de que falta muito pouco invadiu-me por completo. Ainda não estou em pânico, mas o nervoso miudinho já se faz sentir!

As minhas viagens de metro #55

Imagem
«É difícil perder alguém que significava tudo para você...»

É não teres mais poder sobre mim que te incomoda? Ou é o facto de conseguir seguir em frente sem precisar de ti?

Pós-Queima

Imagem
A Queima das Fitas do Porto chegou ao fim. E esta semana teve tanto de incrível, como de desilusão. Foi um misto de sentimentos e sensações. Valeram alguns momentos e os concertos extraordinários de David Carreira, Átoa, James Morrison e Kaiser Chiefs. Tive imensa pena de só ter ouvido uma música do Virgul. E de não ter podido continuar a acompanhar o espetáculo dos HMB por causa da chuva. Para além disso, a experiência de trabalhar na barraca foi gratificante, mas igualmente cansativa e saturante. Não servia para trabalhar como bartender, mas tive situações bastante peculiares e engraçadas. No fundo, levo mais um infindável número de vivências. E agora que acabou, é hora de voltar à rotina!

O que li por aí #61

Imagem

Queima das Fitas 2017

Imagem
Durante esta semana, o blogue terá um movimento atípico, como já devem ter reparado. Qual é o motivo? A Queima das Fitas! E como finalista pode tudo, este ano aventurei-me a comprar o passe semanal. Para juntar à festa, uma vez que faço parte da Associação de Estudantes da ESE, estarei a trabalhar na barraca que nos ficou destinada - para quem for à queima, apareçam na AEESEP. Seja ao balcão, seja nas proximidades, estarei por lá e será um gosto receber-vos. Tudo isto para dizer que não haverá publicações diárias aqui n' As gavetas da minha casa encantada e que estarei um pouco desaparecida, até porque, como a queima não é só queimódromo, estarei presente noutras atividades académicas, nomeadamente no FITA. Na próxima semana volta tudo ao normal!

Jukebox #54

Imagem
«(...) Por ti mergulho fundo Por ti eu mudo o mundo Só para ser o teu sol

Momento de despedida

Imagem
00h01. Já sinto o frio na barriga. A pele eriçada. E, perspetivando um futuro muito próximo, vejo as minhas fitas a esvoaçar, balançando todas as palavras de amor que nelas foram escritas. Há um ciclo a chegar ao fim. E poucas horas depois da serenata irei sentir o peso da cartola. As bengaladas dos meus. E as lágrimas que vão teimar em cair. Se estou preparada? Nem um pouco! Mas tenho o coração cheio, porque irei guardar para sempre cada pessoa, cada momento e cada vivência do meu percurso. E há uma certeza que nunca irei perder: será sempre um até já neste, suposto, adeus!

Pensamento periclitante #40

Imagem
Que o tempo leve tudo aquilo que não me faz falta.
#devaneio #desejo #pedido #afastamento #tempo #levarparalonge
...

Probabilidades desfeitas

Imagem
As probabilidades estavam todas contra nós. Pareciam erguer-nos muros, em vez de nos ajudarem a construir pontes. E mesmo no meio do caos, era o teu olhar seguro, de quem me quer por perto, que me mantinha de pé, a lutar por este amor.

Perdições #22

Imagem
Batons! Ando encantada com os da Kiko. E adoro, sobretudo, cores mais escuras. Não era um artigo ao qual ligasse muito, mas isso tem-se alterado, até porque gosto cada vez mais de me ver de lábios pintados. E eu que percebo pouquíssimo de maquilhagem - limitando-me ao básico quando a uso: lápis preto e rímel -, reconheço o quanto utilizar batom torna o nosso rosto diferente e com mais vida.

O [meu] tempo desconhecido

Imagem
És o tempo que não conheço  Num mundo cheio de reviravoltas Avessas À minha vontade

Gin Envenenado

Imagem
«(...) O pior veneno é aquele que mais lhe agrada», Eliézer Augusto

Um copo de gin. Meia dúvida de palavras trocadas em surdina. E uma gargalhada que se confundia com o mar sereno.